Bookcase – É Tudo Tão Simples e Madame Charme

Meninas, hoje resolvi falar um pouquinho das minhas duas últimas leituras. Dois livros que falam um pouco sobre estilo de vida, um entrou para listas dos que gostei bastante e o outro… passou beeeem longe dela. Então vamos a eles…

O primeiro é o livro “É tudo tão simples” da Danuza Leão. Comprei esse livro há muuuito tempo, há uns 2 anos com certeza, já tinha lido um pedacinho aqui, outro ali, mas não ele todo. Há uns dias atrás resolvi que ia ler ele de verdade. Bom, confesso que não foi muito fácil. No começo ele fluiu, depois meio que empaquei, enjoei. Na verdade Danuza tem um jeito leve de tratar tudo, trata com certo despreendimento de coisas que eu considero importantes. Ok, ela é mais madura e talvez no futuro eu também possa perceber que tudo realmente é/era tão simples como ela fala, mas agora não. Então tenho que dizer que para uma mulher de 50-60 anos pode ser uma leitura muito envolvente, mas com meus 24, praticamente 25 anos, não consegui me entender com a autora, a admiro pela facilidade com que aparentemente lida com tudo, mas acho que nem tudo é tão simples.

Comecei a poucos dias e devorei, ainda faltam algumas páginas, mas resolvi falar dele mesmo assim, ele é o “Madame Charme”, da americana Jennifer Scott. Acho o estilo das francesas demais, então me interessei por esse livro antes mesmo dele chegar traduzido no Brasil. Pensei que era meio à la “A parisiense”, da Ines de la Fressange, mas é ainda melhor. O livro abrange desde alimentação até moda, e não trata dos assuntos com uma lista de dicas, de isso pode, isso não pode, mude isso e mude aquilo. Sem dúvidas o que me envolveu foi perceber que tudo é bem aplicável a vida. Não que sejam fáceis, afinal tratam-se mais de manias que temos, mas dá sim para tentar e assim levar uma vida à française.

No fundo os dois livros tem o mesmo formato, histórinhas que servem como guias, mas também são bem diferentes. Enquanto a primeira autora é completamente despreendida de qualquer detalhe, a segunda autora mostra o quanto cada detalhe faz diferença.

Beijos

Love it (1)